Blog de Meteo Trás os Montes

Calor fugaz! Queda até 10ºC nas máximas! Ar polar chegará no fim-de-semana…

Anuncios

Maio não consegue impôr o calor em Portugal.

Esta semana decorreu dentro do esperado, o calor está a dar um ar da sua graça no sul do Continente, mas com muitas dificuldades em impôr-se nas regiões mais a norte, onde a nebulosidade persistiu nos últimos dias e houve até precipitação em alguns pontos.

Anuncios

O dia mais quente da semana será amanhã, quinta-feira, dia 20, com um dia que promete muito sol e temperaturas muito agradáveis em praticamente todo o território, com Braga a chegar aos 27ºC, Bragança aos 26ºC, Mirandela aos 31ºC, Chaves aos 28ºC, Covilhã aos 29ºC, Castelo Branco aos 30ºC, Coruche aos 31ºC, Grândola aos 32ºC, Reguengos de Monsaraz aos 33ºC, Mértola 33ºC e Alcoutim aos 32ºC.

Profunda depressão junto às Ilhas Britânicas

Tempestade no UK

Injeção de ar polar na Península Ibérica:

No entanto, perfila-se no Atlântico nova tempestade junto às Ilhas Britânicas (imagem acima), que irá uma vez mais este mês, injetar ar polar na Península Ibérica, fazendo descer os termómetros e mais uma vez coincidindo com o fim-de-semana, as máximas irão descer entre quinta-feira, dia 20 e sábado, dia 22, cerca de 10ºC em alguns pontos como o nordeste transmontano, segundo o IPMA, Bragança passará de uma máxima de 26ºC para apenas 16ºC, Vila Real de 25ºC para 15ºC, Montalegre de 22ºC para 11ºC, apenas para citar alguns exemplos.

Previsão IPMA - Chaves

As mínimas também se colocarão abaixo do que seria expectável para a reta final de maio, as terras altas do interior poderão mesmo registar geada, Montalegre poderá descer aos 2ºC, Carrazeda de Ansiães e Guarda aos 3ºC, Penhas Douradas aos 0ºC e aos -2ºC na Torre.

Na região sul, também irão sentir a descida das temperaturas, embora em muito menor medida, continuará a fazer calor na generalidade do território da região, em especial no interior e Algarve.

Anuncios

No que toca à precipitação, não se espera na maior parte do território continental, embora não se possa descartar nos locais habituais para esta configuração, ou seja no extremo norte e litoral oeste a norte da Figueira da Foz.

Em principio, domingo, dia 23 marcará nova mudança, o anticiclone voltará a ganhar terreno e as temperaturas voltam a subir em todo o território.

Na próxima semana, os modelos vão insistindo numa possível Cut-Off, depressão isolada nos níveis altos da atmosfera, que significa trovoadas, no entanto estamos a uma distância tal que apenas a refiro por mera curiosidade.

Possivel Cut-Off a sudoeste do Continente

Cut-Off Portugal

Em suma, aproveite as próximas horas de tempo quentinho, pois a mãe natureza tem reservado para o fim-de-semana uma descida significativa nas temperaturas, apenas na região sul se manterá um tempo que fará lembrar o Verão.

Se vai ao rally de Portugal, leve agasalhos, farão falta.

A informação será atualizada caso se justifique.

Grato pela sua atenção.

Únete a Meteovigo y mejora tu experiencia meteorológica: 

  • Recibe alertas personalizadas directamente en tu correo si va a llover, nevar, hacer frío, calor o fuertes vientos en tu localidad en los próximos 7 días.
  • Sin anuncios dentro de la lectura.
  • Recibe alertas si la calidad del aire puede no ser buena en los próximos 5 días. 
  • Consulta el pronóstico del multimodelo de Meteovigo para tu localidad
  • Accede a datos meteorológicos históricos por localidades desde 1940 y guárdalos en PDF.
  • 30 % de descuento en los cursos de formación meteorológica de Iberomet.es
  • Apoya nuestra labor diaria.
  • Novedad: mapa en 3D del modelo GFS. 


Si te gusta Meteovigo valora nuestro trabajo dejando una reseña en Google: ->> Valorar Meteovigo

Marcio Santos

Márcio Santos, nascido em Chaves a 21 de Abril de 1985. Meteorologista amador, autodidata e comunicador, desde sempre apaixonado por fenómenos extremos, astronomia, vulcanismo e natureza. Criador da maior comunidade online dedicada à meteorologia em Portugal, o Meteo Trás-os-Montes, presente no Facebook, Instagram e Twitter.
Botón volver arriba